Secretaria de Estado de Fazenda do Distrito Federal

Mapa do Site

Parque de Exposições Agropecuárias da Granja do Torto

 


Parque de Exposições Agropecuárias da Granja do Torto


Parque de Exposição Agropecuárias Granja do Torto – PAGT possui área de 73,99 hectares e conforme levantamento realizado pela Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural - SEAGRI é composto por:


•  Prédio de administração do parque – 1855,99 m²;

•  Picadeiro da administração – 1571,78m²;

•  Prédio do restaurante - 679,52m²;

•  Estande presidencial - 101,4m²;

•  Estande Governamental 1 – 88,8m²;

•  Estande Governamental 2 - 133,60m²;

•  Estande Governamental 3 – 88,8m²;

•  Estande Governamental 4 – 133,6 m²;

•  Estande Governamental 5 – 133,6m²;

•  Estande Governamental 6 – 88,8m²;

•  Estande Governamental 7 – 122,4m²;

•  Estande Governamental 9 – 122,40m²;

•  Estande Governamental 10 – 122,40 m²;

•  Estande Governamental 11 - 123,63 m²;

•  Estande Governamental 12 - 122,83m²;

•  Estande Governamental 13 – 122,40m²;

•  Estande Governamental 14 – 126,54m²;

•  Estande Governamental 15 –121,00 m²;

•  Heliponto – 1.239 m²;

•  Sanitário tipo “C” – 53,62m²;

•  6 (seis) Galpões para Equinos – 619,40m² (cada);

•  2 (dois) Lavadouro para equinos - 73,40m² (total);

•  Picadeiro para equinos (pista Ary Aranha) - 5.936m²;

•  Complexo da Ovino caprinocultura – 2.476,63 m²;

•  Bilheteria – 152 m²;

•  Bar e restaurante– 296,30 m²;

•  Galpões para Bovinos nº 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 9 e 10 – 825,55 m²(cada), totalizando – 7.429,95m²;

•  Conjunto de Bar e Sanitário tipo A – 289,06m²;

•  Pista de Esportes equestres – 6.537 m²;

•  Conjunto de Bar e Sanitário tipo “B” - 305,76m²;

•  Pavilhão de leilões – 951,68m²;

•  Picadeiro com Área de Julgamento – Atual Área de Shows – 27.531m²;

•  Posto de revenda de material agropecuário – 243,36 m²;

•   Central de rações e alojamento – 386,84m²;

•  Galpões para Bovinos nº 13, 14, 15, 16, 17, 18 e 19 – 825,55m² cada, com total de 5.778,85m²;

•   Galpões para Bovinos nº 8, 12 e 13 - 825,55m² cada, totalizando 2.476,65 m²;

•   Galpões para Bovinos nº 20, 21 e 22 - 825,55m² cada, totalizando 2.476,65 m²;

•  Escola de equitação – 1.651m²;

•  Tatersal Joaquim Roriz – 2.759m²;

•  Picadeiro (pista coberta) – 4.896m²;

•  Arquibancada Coberta – 1.440m²;

•  Conjunto de Bar e Sanitários tipo A - 293,91m²;

•  10 (dez) Galpões para Equinos – 296,50m² cada, totalizando 2.965 m²;

•  Lavadouro para equinos – 183 m²;

•  Casa de madeira - 147m²;

•  Bar - 83,75 m²;

•  Shopping do Leite - 70 m²;

•  Shopping Rural - 268,75m²;

•  Alojamento para peões – 860,14 m²;

•  Pavilhão de Leilão de Elite (Vitrine) – 596,29 m²;

•  Bilheteria - 131m²;

•  Estande 63 m²;

•  Galpão para Equinos – 426,20m²;

•  2 (dois) Sanitários - 171,35 m² cada, totalizando 342,70m²; e

•  Residência (próxima ao alojamento dos peões) – 150 m².

A
proposta pode contemplar as seguintes melhorias para que o PAGT tenha condições adequadas de uso:

1. construção, modernização ou ampliação dos recintos para alojamento de animais de material genético superior, priorizando o bem-estar animal;

2. atualização das subestações de energia do PAGT;

3. atualização de toda rede elétrica das áreas comuns do PAGT;

4. reconstrução de toda rede hidráulica do PAGT;

5. modernização das portarias prevendo guaritas e entrada identificada tanto de público quanto dos animais;

6. reforma do muro no perímetro do PAGT;

7. reforma e ampliação de alojamento para prestadores de serviços;

8. reforma da sede administrativa;

9. reforma de banheiros;

10. destinação de áreas e edificações para empresas de insumos agropecuários e empresas prestadoras de serviços para setor agropecuário;

11. destinação de áreas e edificações para demonstração de máquinas e equipamentos agropecuários;

12. destinação de áreas e edificações para instalação atividades dos ramos alimentício, hoteleiro e bancário;

13. sistema de reuso de água de chuva para aproveitamento na irrigação de gramados, banho de animais, limpeza de galpões, irrigação das pistas de esportes ou exposições dos animais;

14. aproveitamento dos resíduos de origem animal e vegetal para produção de compostagem permitindo assim a manutenção das áreas verdes do Parque e ajudando nos programas de agricultura urbana e nas políticas públicas de interesse do setor agropecuário; e

15. utilização de energia renovável.

A proposta deve contemplar espaços físicos para entidades sem fins lucrativos relacionadas ao setor agropecuário, como associações e núcleos de criadores.

Secretaria de Estado de Fazenda do Distrito Federal
SBN Qd 02 Ed. Vale do Rio Doce
CEP 70.040-909
Central 156 (Distrito Federal) 0800-644-0156 (demais localidades)
2024 - Governo do Distrito Federal